Lula e Temer neutralizam ala tucana do PMDB mineiro Filiação de Josué Gomes isola grupo comandado por Saraiva Felipe, presidente do PMDB de Minas, atrelado ao projeto político de Aécio Neves

PMDB2 (1)

Desde 2008 a grande preocupação das principais lideranças nacionais do PMDB, vinha sendo a grande influência do ex-governador, hoje senador, Aécio Neves sobre as decisões do PMDB mineiro através do grupo político liderado pelo atual presidente da legenda no Estado, deputado federal Saraiva Felipe.

Fontes do PMDB nacional denunciam que o grupo já ensaiava uma dissidência no Estado no intuito de inviabilizar em 2014 a aliança com o PT, ou senão condicionar à indicação de um candidato a vice na chapa de Pimentel que tivesse as benções de Aécio Neves.

Fato que já ocorrera em 2012 quando Aécio Neves vetou o nome do deputado estadual Sávio Souza Cruz para ser vice de Patrus Ananias na disputa pela Prefeitura de Belo Horizonte. Outra estratégia do grupo seria apoiar a candidatura de Clésio Andrade ao governo de Minas, no intuito de dividir votos, levando a eleição para o segundo turno, ocasião que o PMDB apoiaria o candidato do PSDB.
Após reunião de Michel Temer com Lula, resolveu-se adotar uma decisão que ao mesmo tempo em que neutraliza a influência de Aécio Neves sobre o PMDB mineiro através de Saraiva Felipe, apresenta-se um nome inquestionável para compor a chapa com Pimentel, que desde a candidatura de Márcio Lacerda em 2008 tornara-se defensor da aliança com Aécio Neves.
Com a filiação de Josué Gomes ao PMDB em cerimônia que contou com a participação das principais lideranças nacionais e estaduais do partido, e com a presença do ex-presidente Lula, colocou-se um ponto final a mais de uma década de prática adesista do PMDB mineiro ao PSDB.
Por motivos óbvios a ala do PMDB liderada por Saraiva Felipe e do PT ligada a Pimentel que sempre defendeu a aliança com o PSDB, nos últimos dias mostraram sua insatisfação com a filiação de Josué Gomes, mas foram surpreendidos com a apresentação de um relatório detalhado contendo todas as articulações que estavam em andamento pro PSDB.
Lula cansado do jogo rasteiro teria mandado um recado aos insatisfeitos do PT; “Vão chorar na cama que é lugar quente”.
Anúncios
Esse post foi publicado em Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s