Peixes criados por detentos são doados ao banco de alimentos de Ribeirão das Neves

Segundo o Presídio Dutra Ladeira, mais dois tanques com 1,5 tonelada de peixes já estão sendo tratados
SEDS/DIVULGAÇÃO
Segundo o Presídio Dutra Ladeira, mais dois tanques com 1,5 tonelada de peixes já estão sendo tratados
 

O Presídio Antônio Dutra Ladeira, em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, realizou, nesta quinta-feira (12), mais uma doação de peixes criados por presos. Ao todo, 1,2 tonelada de tilápias foram doadas para o Banco de Alimentos do município, que fará a distribuição dos alimentos para instituições carentes.

Essa já é a terceira despesca feita na unidade prisional. A última foi realizada no mês de abril e a primeira em fevereiro, ambas resultando na doação de uma tonelada de peixes cada. O projeto, que teve início em julho de 2011, é fruto de uma parceria entre a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), o Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA) e a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que capacitou os presos em um curso de piscicultura. Nos treinamentos, os detentos aprenderam como tratar os animais, qual ração utilizar em cada fase da vida, como fazer a higienização do local e como realizar a correta retirada dos peixes.

Segundo a unidade prisional, mais dois tanques com 1,5 tonelada de peixes já estão sendo tratados. A previsão é de que a próxima despesca seja feita em dois meses.

Anúncios
Esse post foi publicado em Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s