Cai o número de passageiros nos ônibus da Grande BH

ônibus precário

Durante junho, foi registrada uma queda de 5% no número de passageiros

As empresas de ônibus que atendem às linhas intermunicipais de 34 cidades da região metropolitana registraram, no mês passado, queda de 5% no número de passageiros transportados em relação ao mês de maio. A redução representa 1,1 milhão de pessoas a menos no transporte coletivo.

Além do avanço dos clandestinos na Grande BH, especialistas acreditam que a redução é provocada pela má qualidade do serviço. Nos cinco primeiros meses deste ano 590 ônibus foram retirados de circulação porque não tinham condições de trafegar.
O diretor de Fiscalização do Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG), João Afonso Baeta, acredita que a redução tenha sido provocada pela crise econômica, além da atuação do transporte clandestino.

Balanço do DER-MG mostra que em maio foram transportados 22,6 milhões de passageiros, contra 21,4 milhões no mês passado na Grande BH. Nas linhas do interior, a redução foi de 3,6%, caindo de 6,7 para 6,4 milhões.

Para o engenheiro Ricardo Amaral Lourenço, especialista em transportes, a queda de passageiros está relacionada à má qualidade dos ônibus e ao custo das passagens. “Na maioria das vezes o veículo clandestino que faz o transporte coletivo chega mais rápido que o ônibus e as passagens chegam a ser até 20% mais baratas”, explicou;

Anúncios
Esse post foi publicado em Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s