Bruno assume paternidade de filho que teve com Eliza Samudio

 

 

Os documentos para reconhecer a paternidade de Bruninho, de 2 anos e 4 meses, foram assinados pelo goleiro Bruno Fernandes. A informação foi confirmada por Francisco Simim, um dos advogados do atleta.

Segundo Simim, os papéis foram assinados na segunda-feira (18), na penitenciária Nelson Hungria, na região Metropolitana da capital, onde o goleiro está detido, e já foram encaminhados para a Vara da Família de Minas Gerais. A assessoria de imprensa do Fórum Lafayette não soube informar se a documentação foi recebida.

Conforme informações do advogado, Bruno sempre teve vontade de reconhecer o menino, fruto do relacionamento com Eliza Samudio. O goleiro vai destinar 10% do salário para o filho e também para as duas meninas que tem com a ex-mulher, Dayanne Rodrigues.

Atualmente, Bruno recebe R$ 500 mensais prestando serviços de limpeza na penitenciária, então seriam destinados R$ 50 para as pensões, ou seja R$ 16,66 para cada filho.

Sonia Fatima de Moura, 46, mãe de Samudio e que tem a guarda de Bruninho, disse que ainda não recebeu a confirmação da Justiça, mas revelou que o reconhecimento era um desejo da filha.

Nesta terça-feira (19), o canal pago A&E, exibe a partir das 23h, um episódio da série  “Até que a morte nos separe”, no qual será mencionado o caso do goleiro Bruno. Intitulado “Penalidade Máxima”, o episódio mostrará as versões sobre o desaparecimento e morte de Eliza Samudio, entre elas depoimentos de Bruno, dos familiares da modelo e dos advogados envolvidos no caso. Bruno Fernandes é acusado de ser o mandante do crime e está preso desde julho de 2010.

“Até que a Morte nos Separe” é uma série sobre os crimes passionais mais impressionantes já ocorridos no Brasil. Em cada episódio, é analisado um caso que chocou o país, que tiveram como protagonistas um homem, uma mulher e uma história de amor, e que geraram grande repercussão na mídia.

A série retorna às cenas dos crimes e interroga os principais suspeitos, em busca de detalhes perdidos ou nunca antes revelados. Material de arquivo de alta qualidade, vídeos caseiros, dramatizações, gráficos computadorizados, declarações de advogados, policiais, especialistas e inclusive dos próprios criminosos são abordados na série.

Anúncios
Esse post foi publicado em Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s