Policial que matou mulher e filha é preso

O cabo Marcos Antônio Alves de Lima, 45, suspeito de matar a mulher e uma filha por causa de uma conta de telefone, foi preso na tarde de ontem. Ele havia se entregado na última terça-feira, porém foi liberado no mesmo dia por não ter sido detido em flagrante e por não ter nenhum pedido de prisão em seu nome. O crime ocorreu no domingo.

“No dia em que ele esteve aqui, imediatamente encaminhei um pedido de prisão para ele em conjunto com corregedoria da PM. Hoje, a Justiça expediu o mandado e ele foi pego de surpresa em seu batalhão, sem nenhuma tentativa de fuga”, afirmou o delegado da 10ª Delegacia de Homicídios de Ribeirão das Neves, Márcio Rocha.

Por ser policial militar, o cabo ficará preso no 34º batalhão da PM, na região Noroeste da capital, até que o inquérito seja concluído, em, no máximo, 30 dias. “Após esse prazo, a Justiça determinará onde ele ficará preso. Com isso, ele também será expulso da corporação, como já havia sido informado”, disse o delegado.

No depoimento à polícia, Lima confessou o crime e disse que enfrenta problemas psicológicos.

Anúncios
Esse post foi publicado em Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s