Irregularidades no Poupança Jovem expõe incapacidade e incompetência da prefeitura de Ribeirão das Neves

Este slideshow necessita de JavaScript.

Irregularidades no Poupança Jovem expõe incapacidade e incompetência da prefeitura de Ribeirão das Neves

24 de fevereiro de 2012 www.nevesnews.com
incompetencia

Na tarde da Quinta-feira – 23/02, os vereadores de Ribeirão das Neves realizaram uma reunião extraordinária onde foram convocados os secretários de ação social Glaucia Loffi e de Finanças, Alderano Arja Alves para prestarem esclarecimentos sobre a suspensão no município, do Programa Estadual Poupança Jovem.
Os secretários não apresentaram uma justificativa razoável e apenas alegaram que “o problema era de números”.

A Câmara municipal de Ribeirão das Neves é composta de 14 vereadores, sendo que 12 deles fazem parte da bancada de apoio da prefeitura, os quais durante a plenária, tentaram desviara o foco das irregularidades, responsabilizando o governo do estado pela suspensão do programa. Apenas para que nossos leitores tenham noção das artimanhas arquitetadas pelos 12 vereadores, desde a Segunda-feira-13/02, eles já estavam cientes da realização da reunião e deixaram para convocar via Email, o representante Estadual do programa, no início da noite da sexta-feira dia 17.
A artimanha foi proposital para que o gerente estadual não comparecesse, pois já sabiam que recesso de carnaval duraria até a Quarta-feira.
Depois da convocação feita após o horário de expediente na véspera do carnaval, as repartições públicas estaduais voltaram ao trabalho nesta quinta-feira, dia da reunião na câmara Municipal.
Certamente se a convocação tivesse sido feita em prazo hábil, a platéia de alunos e cidadãos que lotaram a galeria da Câmara municipal, teriam ouvido que as irregularidades foram provocadas pela prefeitura e supostamente era isto que os vereadores queriam evitar. A suspensão do programa, que motivou o prejuízo dos 11.500 alunos da rede estadual em Ribeirão das Neves, foi culpa única e exclusiva da incompetente equipe do prefeito Walace Ventura. Não há outros responsáveis.
Durante a atual gestão são comuns artíficos mediocres para “engambelar” o povo de Ribeirão das Neves e esta irregularidade somente está ocorrendo devido a omissão de uma bancada de vereadores que tem o dever constitucional de fiscalizar os atos executivo, mas que em razão de um fisiologismo espúrio, omitem em suas atribuições.
Todos os servidores do Programa Poupança Jovem em Ribeirão das Neves foram demitidos e estão sem receber seus salários há mais de três meses. Outros 11.500 alunos não estão recebendo o benefício.
Por se tratar de um programa de grande responsabilidade social, certamente o governador Antônio Anastasia não permitirá o cancelamento definitivo do “Poupança Jovem”, mas deverá propror medidas de controle mais austeras sobre a gestão municipal do poupança Jovem. Outra possibilidade que também poderia ser implantada, seria o cancelamento do convênio com a prefeitura, onde o Governo Estadual reassumiria diretamente o programa na cidade.
No dia 07/02, a prefeitura enviou novos documentos para a SEDESE a fim de sanarem as irregularidades, contudo eles ainda estão sendo analisados pela Procuradoria do Estado.
As irregularidades na prestação de contas do programa Poupança Jovem pela Prefeitura de Ribeirão das Neves não é apenas uma questão de números. É de omissão, descaso e incompetência mesmo.

Anúncios
Esse post foi publicado em Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s