Pressionado, prefeito veta verticalização

Dois meses depois de ter sido aprovado na Câmara Municipal, o projeto de lei que autorizaria a construção de prédios de até cinco andares em Santana do Riacho, onde está localizada a Serra do Cipó, na região Central, foi vetado pelo próprio autor, o prefeito Agnaldo José da Silva (PDT).

A prefeitura informou que a ideia era suprir um déficit habitacional calculado em 500 moradias populares, mas a justificativa não convenceu os habitantes do distrito da Serra do Cipó, um dos principais destinos turísticos da região. Mobilizados, moradores fizeram um abaixo-assinado e juntaram 2.300 assinaturas que deram força ao movimento contrário à verticalização.

A falta da discussão do projeto e o medo de que o local atraísse a construção de hotéis foram fatores que incomodaram a população. Os imóveis mais altos descaracterizariam a região e incentivariam o adensamento populacional. (RRo)

Anúncios
Esse post foi publicado em Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s