Secretaria Municipal de Saúde de Ribeirão das Neves promove ações para lembrar o Dia Mundial da Luta Contra a Hanseníase

Secretaria Municipal de Saúde  de Ribeirão das Neves promove de 23 a 29 de janeiro, nas Unidades Básicas de Saúde, localizadas nas 5 Regiões Sanitárias do município, várias atividades para lembrar o “Dia Mundial da Luta Contra a Hanseníase,” comemorado no último domingo de janeiro.

As atividades serão coordenadas pelo Programa de Hanseníase do município e visam alertar à população os sinais e sintomas precoces da doença, modo de transmissão e o preconceito que ainda envolve os portadores de hanseníase.

Além dessas atividades, a Secretaria Municipal de Saúde vem realizando uma série de ações com o objetivo de intensificar as informações da doença junto à população e também preparar os profissionais de saúde para detectarem os sinais e sintomas da hanseníase de maneira segura, visando o diagnóstico mais precoce.

A hanseníase é uma doença milenar, sendo ainda hoje um problema de saúde pública no Brasil. Vale lembrar que, apesar de ter cura, e eliminação da doença é dificultada principalmente pelo índice de abandono ao tratamento e pelo diagnostico tardio. Por isso, a meta do Ministério da Saúde é atingir o índice de menos de um caso por 10 mil habitantes, proposta da Organização Mundial de Saúde ( OMS) para a eliminação da hanseníase, que  ainda é um problema de saúde pública em países endêmicos, como o Brasil, classificado em segundo lugar no ranking mundial.

A hanseníase é causada pelo Mycobacterium Leprae e o contágio se dá pelas vias áreas superiores, através do contato íntimo e prolongado com os portadores sem tratamento da forma contagiosa da doença, a  multibacilar ( muitos bacilos). Dentre os sintomas estão manchas claras ou avermelhadas na pele, com diminuição ou alteração de sensibilidade, podendo também atingir os nervos, principalmente das mãos e dos pés, o que pode provocar deformidade e incapacidades físicas importantes. A doença tem cura e o tratamento é simples e de graça, durante 6 a 12 meses.

Para maiores informações sobre a hanseníase, o interessado pode procurar a Unidade de Saúde mais próxima a sua residência ou também no Ambulatório de Referências de Doenças Infecciosas e Parasitarias / ARDIP. Localizado na Rua Antônio Miguel Cerqueira Neto, 461, centro , Ribeirão das Neves, telefone: 3624-1023.

Anúncios
Esse post foi publicado em Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s