Atrasos nos pagamentos

Motoristas das ambulâncias estão sem vale-refeição
Motoristas-socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e porteiros de estabelecimentos de saúde de Belo Horizonte e Contagem, na região metropolitana, estão sem o pagamento do vale-refeição de janeiro e reclamam dos recorrentes atrasos no pagamento do salário. São cerca de 400 profissionais que trabalham para a Átima Conservação e Serviços Ltda, empresa que presta serviços para as prefeituras dos dois municípios.

A Átima admitiu que o vale-refeição está atrasado por conta de reajuste feito no benefício. Sobre o salário, ela nega que haja atrasos.

Anúncios
Esse post foi publicado em Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s