Dupla sertaneja faz sucesso na internet com campanha para que prefeito recupere vias

Dupla sertaneja faz sucesso na internet com campanha para que prefeito recupere vias Matheus e Thiago fazem sucesso nas redes sociais com a campanha “Troca meu pneu, Tadeu”, lançada para pressionar prefeito Tadeu Leite, a consertar buracos nas ruas.

Um protesto bem-humorado tomou conta das redes sociais nas últimas semanas em uma campanha para recuperação das vias urbanas de Montes Claros, no Norte de Minas, onde os buracos se multiplicam. O pontapé inicial foi da dupla sertaneja Matheus e Thiago, que criou a campanha “Troca meu pneu ,Tadeu”, numa referência ao prefeito Tadeu Leite (PMDB), com várias versões de letras. As canções lançadas na internet foram baseadas em músicas populares que receberam versos de reivindicação. Lançada no YouTube – site para compartilhamento de vídeos –, a campanha ganhou apoios como o da dupla sertaneja Bruno e Daniel, que reforçou o pedido, mesmo estando vivendo na Itália. O cantor Rafael Nobre também deu sua contribuição, fazendo sucesso na internet.

O cantor Thiago disse que a ideia da campanha, na verdade, foi de moradores da cidade, que sempre pediram para que a dupla ressaltasse o problema dos buracos, mesmo quando se apresentava em outros municípios. “A situação é crítica. E minha intenção não é denegrir a imagem do prefeito. Fui vítima dessa situação e tive meu pneu furado por três vezes, depois de cair numa dessas armadilhas”, diz Thiago. É exatamente isso que está retratado na música que, em um dos trechos, diz: “Caí num buraco em Moc e rasguei o pneu. A roda entortou e a suspensão perdeu. Já não sei mais o que faço para consertar. Já pago imposto só de trabalhar. Todo mundo fala que a culpa é do Tadeu”. E termina a canção com um conselho para o peemedebista: “Meu dinheiro tá pouco e o meu pneu rasgado. A suspensão foi pro saco e consertar não adianta. É só tapar os buracos”.

Quem não recebeu com bom humor o pedido de socorro foi o diretor de Comunicação da Prefeitura da cidade, Hamilton Trindade. Para ele, a questão dos buracos é de menor importância quando existem riscos maiores, como o avanço da dengue e das enchentes. “Esse é um problema de pequena monta para um cidade de 400 mil habitantes. A campanha é tocada por artistas de menor importância, que estão reduzindo seu espaço depois do protesto”, diz. Trindade defende a tese de que o importante é que a cidade é considerada a terceira maior geradora de empregos em Minas, não tem enchente, desabrigados, deslizamentos. “Todo lugar tem buraco”, esquiva-se.

O problema atinge praticamente todos os bairro de Montes Claros e se agravou com a chuva que castigou a cidade por mais de 45 dias. A prefeitura alega que o asfalto é antigo, com mais de 40 anos, e por isso não resiste às chuvas. Durante o período chuvoso, a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos e a Empresa Municipal de Serviços e Urbanização (Esurb) tentaram amenizar o problema, chegando a tapar buracos com areia, paralelepípedos e bloquetes. Desde sexta-feira, com a estiagem, a administração municipal garante que está com cinco frentes de tapa-buracos. (Colaborou Luiz Ribeiro)

O refrão da música

Iê, Iê
Tadeu, meu pneu tá todo estourado…
Meu dinheiro tá pouco e o pneu tá rasgado
A suspensão foi pro saco
Consertar não adianta
é só tapar os buracos.

Anúncios
Esse post foi publicado em Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s