Inspetor Carlinhos Figueiredo (foto) e equipe da Depol do Veneza apuram autoria de tentativa de assassinato contra torcedor do cruzeiro

CARLINHOS E TORCEDOR

 

EXCLUSIVO: A equipe do Inspetor de Polícia Carlinhos Figueiredo (foto) da Delegacia de Polícia Civil do Veneza apurou a dupla autoria da tentativa de homicídio ocorrida contra um torcedor cruzeirense no último domingo, no trevo de Ribeirão das Neves. Durante todo o dia de ontem, uma equipe de investigadores chefiada pelo Inspetor efetuou diversas incursões para identificar os autores. Ao identificá-los os mesmos evadiram-se e a equipe montou campana em frente à residência dos criminosos para forçá-los a se apresentar. Na tarde de ontem os advogados dos autores se comprometeram em apresentá-los. Neste exato momento, os homens estão sendo interrogados e posteriormente será lavrada a oitiva dos depoimentos deles. 

Além da apuração de tentativa de Homicídio contra o torcedor Cruzeirense, o Investigador Carlinhos Figueiredo da Delegacia do Veneza em Ribeirão das Neves apurou também o autor do horrendo homicidio contra um moto boy que foi arremessado de cima um viaduto na Avenida Cristiano Machado

Os dois suspeitos confirmaram o envolvimento no crime ocorrido no trevo de Ribeirão das Neves da BR-040 no domingo (4), quando o torcedor cruzeirense foi baleado. O NEVESNEWS tinha a identificação dos autores e todas as informações desde ontem, porém não as divulgaram para não atrapalhar as demais investigações.

Entendam o caso.

O torcedor do Cruzeiro foi baleado na tarde do domingo na BR-040, em Ribeirão das Neves, quando se dirigia para o jogo na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. De acordo coma Polícia Militar (PM), o tiro que atingiu Renato de Carvalho Cardoso, 26 anos, foi disparado por um rival atleticano.

Um primo da vítima contou que Renato seguia com amigos em um comboio de três carros para assistir ao jogo entre Cruzeiro e Atlético. Ao passar perto do Trevo de Neves, torcedores do time rival, que estavam às margens da rodovia, jogaram pedras nos veículos. Os cruzeirenses desceram dos carros e foram tirar satisfação com os atleticanos. Militares da 203ª do 40º Batalhão da PM disseram que houve confusão entre os torcedores. Um dos atleticanos que estão prestando depoimento na delegacia do Veneza sacou a arma e disparou contra Renato. A bala acertou no peito do cruzeirense e transfixou, saindo nas costas

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s